Hospital Nossa Senhora Aparecida é interditado em Umuarama

Procedimentos foram suspensos pela Vigilância Sanitária após pedido feito pelo Ministério Público

Por Redação 23/05/2022 - 09:44 hs
Foto: RPC

O Hospital Nossa Senhora Aparecida, em Umuarama, na região noroeste do Paraná, foi interditado pela prefeitura da cidade após um pedido feito pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR). Com isso, a instituição não pode mais receber novos pacientes.

Segundo a promotoria, o Hospital Nossa Senhora Aparecida está há mais de seis meses em condições de funcionamento precárias, solicitando a suspensão dos atendimentos até que a situação fosse resolvida.

Na sexta-feira (20), a Vigilância Sanitária interditou o setor de esterilização do hospital, que é responsável pela limpeza adequada dos equipamentos hospitalares.

Sem o setor de esterilização, nenhum procedimento pode ser feito no local. Agora, o hospital só pode fazer atendimentos clínicos.

Na sexta-feira, quando se encerrou o prazo para que o hospital resolvesse as exigências da prefeitura, quase 60 pacientes estavam internados. Nesta segunda-feira (23), 14 permaneciam hospitalizados na instituição.

O hospital disse que os pacientes vão continuar recebendo o atendimento necessário enquanto for possível.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) informou que está acompanhando a situação e irá prestar apoio em caso de transferências de pacientes para outro hospital.

Retomada dos atendimentos

O Hospital Nossa Senhora Aparecida afirmou que está terceirizando o serviço de lavanderia e de esterilização, e que aguarda a confecção de alguns documentos que devem ser entregues à Vigilância Sanitária para a retomada dos atendimentos.

Já a Vigilância Sanitária disse que está aguardando os documentos para a análise.


Fonte: G1 Paraná