Edson debate em reunião como levar Cascavel à liderança nacional na piscicultura

Foram discutidos, entre outros assuntos, a expansão da cadeia produtiva de peixes no oeste do estado e os incentivos aos produtores

Por Redação 15/04/2021 - 18:40 hs
Foto: Assessoria

Com os investimentos adequados, Cascavel tem condições de chegar à liderança nacional na piscicultura. Para tornar isso realidade, uma reunião com representantes do setor contou com a participação do vereador Edson Souza (MDB), nesta quarta-feira (14). O encontro foi na sede da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico.

Além do parlamentar, estiveram presentes na reunião o presidente da Associação de Aquicultores do Oeste do Paraná (Aquioeste), Valcir Zanini, a secretária de Desenvolvimento Econômico Hivonete Piccoli e o representante do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, zootecnista Sérgio Heim.

Foram discutidos, entre outros assuntos, a expansão da cadeia produtiva de peixes no oeste do estado e os incentivos aos produtores, além de possíveis parcerias para a instalação de novos frigoríficos para abate de peixe. “Precisamos de escavadeira hidráulica para a construção dos tanques para criação de peixe, além de caminhão para transporte dos pescados. Nós dependemos desses equipamentos para desenvolver a piscicultura na cidade de Cascavel”, comentou Zanini.

Na ocasião, foi entregue a Will Picolli, que é assessor do deputado federal Hermes “Frangão” Parcianello (MDB), um ofício pedindo apoio com emenda parlamentar para a aquisição de equipamento para a produção em Cascavel. "O deputado Frangão já se mostrou disposto a continuar com a parceria com os produtores, e provavelmente conseguiremos a verba para destinar ao município para a compra dos equipamentos. Porque é muito importante para fomentar o negócio, movimentando a economia e gerando renda para quem produz", disse o assessor.

O documento foi assinado pelo vereador Edson Souza, pela secretária Hivonete Piccoli, além de Sérgio Heim e pelo Valcir Zanini. “Não adianta ter capacidade de produção se não houverem os equipamentos necessários”, ponderou Heim.

Edson Souza comentou que é importante para a economia esse tipo de parceria entre poder público e produtor. "É muito bom para a cidade e para esses pequenos produtores, e será muito importante para melhorar ainda mais o desenvolvimento da produção e, por consequência, a renda que permite que eles possam continuar com esse trabalho", enfatizou o parlamentar.

De acordo com Zanini, na região de Cascavel existe a possibilidade de instalação de 600 hectares de lâmina de água, o que dá à cidade o potencial de chegar na liderança nacional de produção de peixes. “Hoje existem 57 produtores na região, com aproximadamente 60 hectares de lâmina de água. Só precisamos dos equipamentos e do empenho dos produtores para assumirmos a liderança”, completou ele.

Assessoria