Primeira reunião da Amop discute Covid-19, volta às aulas e pedágio

Todos os 54 municípios associados se fizeram representados

Por Redação 22/01/2021 - 18:02 hs
Foto: Assessoria

A primeira assembleia geral ordinária de 2021 e da atual legislatura de prefeitos e prefeitas foi realizada na manhã desta sexta-feira (22), na sede da Amop (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná), em Cascavel. Todos os 54 municípios associados se fizeram representados, a maior parte por prefeitos e prefeitas.

A condução dos trabalhos esteve a cargo de Rineu Menoncin (Texeirinha), ex-prefeito de Matelândia e presidente da entidade até o dia 29 de janeiro, data em que ocorrerá a eleição para a nova diretoria da Amop, conjuntamente com o prefeito anfitrião, Leonaldo Paranhos.

A pauta da reunião foi extensa: em princípio, os chefes do Poder Executivo fizeram a apresentação pessoal individual e apresentaram as suas demandas, dúvidas, sugestões e críticas. Logo em seguida, assistiram a um vídeo institucional que relata as principais atividades desenvolvidas pela entidade municipalista oestina. 

A volta às aulas após o período de um ano diante da pandemia do novo coronavírus foi a discussão que se seguiu. O assunto vem sendo tratado tecnicamente pelo Departamento de Educação da Amop e a previsão é que as aulas da rede pública sejam retomadas entre os dias 8 e 18 de fevereiro. O assunto foi tratado pela secretária municipal de Educação de Cascavel, Márcia Baldini, e pela coordenadora do Departamento Pedagógico, Emma Gnoatto.

O assunto seguinte foi a elaboração de estratégias em conjunto para o combate à proliferação da covid-19. Uma palestra técnica sobre o tema foi proferida pelo médico sanitarista Miroslau Bailak, especialista no tema. A intenção é promover ações capilares, coesas e integradas na busca de caminhos a serem seguidos.

Sobre o tema pedágio, o secretário estadual de Administração e Previdência, deputado estadual Marcel Micheletto, que representou o governador Ratinho Junior na reunião, explanou sobre o andamento das negociações com as concessionárias, os modelos em discussão a partir da nova licitação de concessão de rodovias, implantação de novas praças de pedágio e outros temas correlatos. Uma reunião técnica sobre o tema será agendada para os próximos dias.

Assessoria