Com reforma, Teatro Municipal terá mais conforto para plateia

A entrega da obra está prevista para a primeira quinzena de abril; a capacidade de público será de 668 pessoas

Por Redação 20/02/2020 - 16:12 hs
Foto: Portal do Cidadão

Não é música, nem falas de atores, muito menos os passos sincronizados de bailarinos o que se ouve ultimamente no Teatro Municipal Sefrin Filho, a sinfonia agora é a provocada por martelos e marretas que estão ditando o ritmo das obras no espaço.

A reforma no Teatro Municipal foi necessária por conta de reivindicações do próprio público em relação ao espaçamento entre as poltronas, considerado muito desconfortável. O secretário municipal de Cultura e Esporte, Ricardo Bulgarelli, concorda com a população. “Nós estamos, enfim, concretizando um desejo, não apenas desta gestão, mas de todo o público que frequenta o nosso teatro. Esta obra é, na verdade, uma correção daquilo que entendemos como um erro absurdo, que foi o espaçamento entre essas poltronas. Por mais que façamos durante a nossa gestão espetáculos de alta qualidade, gratuitos, incentivando à democratização da cultura, sempre ouvimos: ‘é uma pena que nosso teatro seja tão desconfortável’. A verdade é que as pessoas não conseguem se locomover sem que a outra se levante”, pontua

O novo projeto vai oferecer mais comodidade ao público da cultura de Cascavel. Isso porque vai aumentar 28 centímetros o espaço entre as fileiras. “É uma bela distância. Chegamos a esse consenso, porque vamos perder poltronas, então, tínhamos que otimizar essa questão para que perdêssemos o mínimo possível”, explica o secretário.

Com a reforma, a capacidade de público do teatro será reduzida em 122 lugares, passando para um total de 668 poltronas. O investimento é de mais de R$ 207 mil. A obra tem o prazo de entrega estipulado até 15 de abril e tem sido avaliada de perto pelo olhar criterioso de Bulgarelli. “A empresa que ganhou foi bastante advertida quanto à qualidade, porque é uma obra de correção. Não podemos errar. Se fiscalizo obras que estão nos extremos de nossa cidade, essa que está há 5 metros do meu gabinete será muito fiscalizada, e os construtores estão cientes disso. Não é apenas uma questão de conforto, mas de segurança para o público”, observa.

O calendário de espetáculos de Cascavel não será prejudicado, uma vez que todas as apresentações já foram marcadas levando em consideração o prazo de entrega da obra. Além disso, o Município conta com o revitalizado Centro Cultural Gilberto Mayer e o Teatro Emir Sfair, que também podem receber performances.

Texto: Portal do Cidadão