Seja bem vindo
Cascavel,03/02/2023

  • A +
  • A -
Publicidade

Parceiros tradicionais vão fazer lançamentos durante Show Rural

Entre esses parceiros antigos estão Embrapa, Apasem, IDR e instituições financeiras, a exemplo do Banco do Brasil, um dos maiores do mundo


Parceiros tradicionais vão fazer lançamentos durante Show Rural Assessoria

Realizado há 35 anos, o Show Rural é organizado pela Coopavel Cooperativa Agroindustrial e desde o início conta com a indispensável colaboração de órgãos públicos e empresas ligadas à agropecuária. Entre esses parceiros antigos estão Embrapa, Apasem, IDR e instituições financeiras, a exemplo do Banco do Brasil, um dos maiores do mundo.

A Embrapa fará, de 6 a 10 de fevereiro, em Cascavel, o lançamento de duas cultivares de soja e outra de feijão. A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, vinculada ao Ministério da Agricultura e Pecuária, também vai apresentar aos visitantes a publicação Plantas que os polinizadores gostam e terá atrações diversas na Vitrine de Tecnologias e Vitrine Tecnológica de Agroecologia Vilson Nilson Redel. Ela também participará do Show Rural Digital.

A Apasem (Associação Paranaense dos Produtores de Sementes e Mudas) vai lançar no dia 8 de fevereiro nova fase da Campanha de Combate à Pirataria de Sementes no Paraná. Há consenso entre as diversas entidades do agro que a semente é o seu principal insumo e, por isso, ações precisam ser desencadeadas continuamente para orientar sobre a importância dela para essa cadeia produtiva.

“A nossa associação tradicionalmente faz lançamentos e reforça a luta contra a pirataria durante a semana do Show Rural Coopavel. O evento é uma oportunidade para levarmos e ampliarmos informações a muitos elos interessados no tema e que se relacionam direta ou indiretamente com o setor sementeiro”, informa o diretor executivo da Apasem, Jhony Moller. 

Sustentáveis

Outro antigo parceiro do Show Rural é o IDR (anteriormente conhecido como Emater e Iapar). O Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná expõe novidades em uma área de 25 mil metros quadrados. Uma das preocupações do órgão sempre foi com a proteção do meio ambiente, da vida e dos mais diferentes recursos naturais. Por isso, a sustentabilidade recebe atenção especial nas apresentações do órgão.

Neste ano, entre os focos do IDR estão os bioinsumos. “Esse é um trabalho importante e que queremos mostrar ao máximo possível de produtores rurais devido à sua importância ambiental e também quanto aos bons resultados alcançados”, diz o gerente regional José Lindomir Pezenti. O Instituto, além da agroecologia, terá novidades nas áreas da agroindústria familiar, piscicultura, pecuária de leite, fruticultura, saneamento rural, artesanatos, lavouras e olericultura.

Assessoria




COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login