Grupo de trabalho discute ferramentas para atualizar o Compra Legal em Cascavel

Primeira reunião envolvendo o município, Acic, Amic e Sebrae aconteceu na manhã de quarta-feira

Por Redação 24/11/2022 - 08:21 hs
Foto: Reprodução/Assessoria
Grupo de trabalho discute ferramentas para atualizar o Compra Legal em Cascavel
A próxima reunião acontece no dia 29 de novembro.

O programa Compra Legal, criado para fomentar a economia de Cascavel e promover a transparência e a competitividade nas licitações, passará por um processo de revisão e atualização, ações necessárias para modernizar o sistema e fortalecer a economia. O programa faz parte de uma estratégia para tornar os processos mais conhecidos e participativos.

 

A secretária de planejamento e gestão, Vanilse da Silva Pohl, explica que as mudanças no cenário econômico mundial exigem uma constante remodelação dos serviços. Por isso, além da revisão do programa Compra Legal, está sendo criada a Central de Compras.

 

“A criação da Central de Compras e a revisão do programa Compra Legal, se fazem necessários principalmente nesse período pós-pandemia, a guerra da Ucrânia e o próprio momento político nacional que afetam a economia. A intenção não é mudar por mudar, estamos discutindo ações para nos adaptarmos ao momento, bem como nos antecipar ao futuro, preparando Cascavel para as próximas décadas, já que existe um estudo que prevê que em 2050 a população chegará a 500 mil habitantes. Essa revisão também tem como objetivo adequar o programa às novas legislações”, afirma a secretária.

 

A primeira reunião aconteceu na manhã de quarta-feira (23), na sala de licitações da Prefeitura de Cascavel e envolveu o município, Acic, Amic e Sebrae, entidades que participam do grupo de trabalho que irá modernizar e atualizar a Central de Compras Públicas.

 

A próxima reunião acontece no dia 29 de novembro e, segundo Vanilse, os encontros serão semanais.


Assessoria.