Encontro de incubadoras do Paraná é realizado na região Oeste

Abertura do evento foi no escritório do Sebrae/PR, em Cascavel; programação segue até sexta-feira com visitas técnicas e networking

Por Redação 22/09/2022 - 18:41 hs
Foto: Ralph Willians

Nesta quarta-feira (21), cerca de 80 pessoas estiveram no escritório regional do Sebrae/PR em Cascavel para participar da abertura do Encontro Estadual de Incubadoras do Paraná. O evento tem como objetivo promover capacitação dos representantes das incubadoras do Estado, além de oportunizar a troca de experiências e contatos.

Para isso, a programação foi dividida em três partes: a primeira, com palestras, painéis e apresentação de cases, em Cascavel, nesta quarta-feira; a segunda, com uma visita guiada no Biopark, em Toledo, e no Espaço Impulso e Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Fundetec), em Cascavel, na quinta-feira; e a terceira, com uma visita técnica ao Cientech, em Medianeira, e ao Parque Tecnológico Itaipu (PTI), em Foz do Iguaçu, na sexta-feira.

Na primeira etapa, Jorge Audy, superintendente de Inovação e Desenvolvimento da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), abriu os trabalhos falando sobre a importância dos líderes na gestão dos ambientes inovadores.

“Para a área da inovação, basta que seja inovador e tenha perfil transformador, pois essa pessoa se encarrega de mobilizar recursos e construir algo que vai transformar a realidade. Por isso, os gestores das incubadoras têm o papel de orquestrar o ecossistema, pois é ele que gera empregos, dinamiza empreendimentos e oportuniza o surgimento de novos negócios”, enfatizou Audy.

Na sequência, o diretor de operações do Sebrae/PR, Julio Agostini, fez uma exposição sobre os dados e o panorama geral do ecossistema de inovação do Paraná, destacando que existe uma necessidade cada vez mais urgente de o Brasil se tornar referência em inovação para que haja mais diversificação na economia.

“Temos percebido que o Brasil tem uma economia muito baseada em commodities (produtos em estado bruto ou com pequeno grau de industrialização). Isso não é ruim, mas para chegarmos a um novo patamar de desenvolvimento, é preciso desenvolver cada vez mais os ecossistemas de inovação”, destacou.

Depois, foi a vez da Fundetec apresentar os serviços e, também, a atuação. Foram expostos os programas realizados pelo parque, como, por exemplo, o radar de inovação, que conecta as instituições de ensino às soluções da Fundação e fomenta o surgimento de startups. Em seguida, também foi apresentada a estrutura da ACICLabs, aceleradora de inovação sediada na Associação Comercial e Industrial de Cascavel.

Na sequência, foi a vez de uma apresentação do SRI Iguassu Valley, que foi reconhecido como o melhor ecossistema consolidado do Brasil pelo Prêmio Nacional de Inovação. Além do histórico da governança, também foi falado sobre o apoio ao crescimento das startups regionais – que superou 60% em 2021.

Experiência e networking

Durante o Encontro, os participantes conheceram ainda o funcionamento da Liga Ventures, maior rede de inovação da América Latina, em uma palestra com a líder de marketing e parceria da América Latina da rede, Danielle Leonel.

“Fazemos vários mapeamentos e identificamos os cinco principais desafios das startups latino-americanas, que são: acesso a grandes empresas para geração de negócios, visibilidade, capacitação e treinamento, acesso a investimentos e acesso à rede de mentores. Por isso é tão importante estarmos aqui. É uma oportunidade de planejarmos como podemos ajudar a impulsionar esse setor”, incentivou Danielle.

Na sequência, ocorreu a apresentação da BioLinker, startup de São Paulo especialista na sintetização de proteínas in vitro. Posteriormente, ocorreu um painel intitulado “Novo Marco Legal de Inovação e as possibilidades para Incubadoras”, conduzido pela assessora técnica da Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), Erika Dmitruk, e pela diretora da divisão de propriedade intelectual na Agência de Inovação da Unicentro, Claudia Crisostimo.  Para encerrar, o consultor do Sebrae/PR, Elisandro Ferreira, falou sobreo habitat de inovação das regiões Sul e Sudeste do Estado.

“É um evento de conexões. A inovação é importante para transformar a sociedade e, reunindo os gestores e representantes das incubadoras, possibilitamos a troca de experiências, o conhecimento e, principalmente, o contato. É uma oportunidade de conhecer ações que deram certo, ou não, e ver o que pode ser levado como modelo para cada realidade”, explicou o consultor do Sebrae/PR e coordenador do Encontro Estadual de Incubadoras, Michael Douglas Camilo.

Propósito

Thiago Spiri Ferreira é membro da Incubadora de Empresas de Bases Tecnológicas vinculada à Universidade Estadual de Londrina (Intuel). Ele considerou a abertura bastante positiva, principalmente porque fortalece o propósito comum de todas elas. 

“Todas as incubadoras buscam a inovação porque é ela que gera novos produtos, serviços, novas necessidades. Na Intuel, fomentamos o empreendedorismo e a inovação perante a sociedade e aqui viemos compartilhar experiências, aprender, conhecer boas práticas e levar as discussões para a UEL visando a melhoria do nosso time”, pontuou.

Tatiane Peratz é coordenadora da incubadora da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – Campus Dois Vizinhos. Ela também decidiu participar do Encontro para buscar conhecimento, mas com um bônus: depois da pandemia, foi preciso rever projetos. O Encontro, segundo ela, é importante para trazer inspirações e ideias diferenciadas.

“Alguns projetos saíram, outras empresas entraram. Agora, há a necessidade de um desenvolvimento ainda maior da incubadora, conhecimento de quem são os atores e essa interação que vem a partir do Encontro é essencial para nós”, observou.

Promovido pelo Sebrae/PR com apoio da Rede Paranaense de Incubadoras e Aceleradoras de Empreendimentos Inovadores (Reinova) e do SRI Iguassu Valley, o Encontro Estadual de Incubadoras acontece na região Oeste até sexta-feira (23), com a participação de representantes de incubadoras de todas as regiões do Paraná.

Assessoria