Semana Nacional de Trânsito em Cascavel tem operação Pé na Faixa para conscientizar sobre travessia segura

Ação aconteceu na faixa elevada da Avenida Papagaios, no bairro Floresta

Por Redação 22/09/2022 - 14:23 hs
Foto: Reprodução/Assessoria
Semana Nacional de Trânsito em Cascavel tem operação Pé na Faixa para conscientizar sobre travessia segura
Operação tem como objetivo conscientizar tanto pedestres e motoristas sobre a travessia segura.

Dentro das ações da Semana Nacional de Trânsito, a Transitar realizou nesta terça-feira (22) a operação Pé na Faixa, que tem como objetivo conscientizar tanto pedestres como motoristas sobre a travessia segura. A ação aconteceu na faixa elevada da Avenida Papagaios, no bairro Floresta, em Cascavel.

Segundo a presidente da Transitar, Simoni Soares, a programação de hoje está alinhada ao Dia Mundial Sem Carro, por isso, o pedestre está sendo priorizado. “O respeito ao pedestre é uma questão comportamental, faz parte da cultura do local, e o que nós estamos trabalhando assiduamente é para que essa cultura seja mudada em Cascavel, para que não dependa de um agente estar próximo ao parar, mas que isso seja uma atitude natural, que eles cuidem realmente do mais vulnerável: pedestre, ciclista, àqueles que estão na via e têm uma vulnerabilidade maior que os que estão em veículos. Nós temos percebido uma mudança comportamental e cultural e vamos continuar trabalhando para isso”, explica. Vale destacar que ações educativas já fazem parte da rotina dos agentes da autarquia de trânsito municipal.

A Transitar trabalha em Cascavel, com o tripé que alia engenharia, educação e fiscalização, que contribui para conscientizar a população sobre a segurança viária e reduzir os números de sinistros e mortes no trânsito. “O tema da Semana Nacional de Trânsito é ‘Juntos Salvamos Vidas’ e os nossos condutores são os principais responsáveis por esse tema. Para que ele aconteça, para que dê certo, nós estamos trabalhando focados no Pnatrans, que é o Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito, e para isso acontecer é preciso da conscientização e a população tem nos auxiliado, tem nos ajudado a continuar com esse trabalho”, reforça.

A encarrega do setor de Educação da Transitar, Luciane de Moura, reforça que o respeito é fator fundamental para garantir um trânsito seguro e que todos precisam fazer a sua parte para minimizar os riscos de acidentes. “O mais importante é que as pessoas compreendam o sentido da empatia. E se fosse ela passando na faixa naquele momento? Gostaria que o motorista parasse? Então, é preciso se coloque no lugar do pedestre. Se tem uma faixa sinalizada é justamente para que o pedestre faça essa travessia com segurança. Se todo mundo colaborar não vai haver mais sinistros, não vai mais haver mortes. Nosso objetivo é que ninguém morra, que ninguém se machuque no trânsito. Para isso tem que colaborar”, observa.

Assessoria.