Presidentes de PSDB, Cidadania e MDB apontam Tebet candidata

Por Canal Meio 19/05/2022 - 11:25 hs

A senadora Simone Tebet (MDB-MS) foi apontada candidata de consenso à presidência da República pelos presidentes de seu próprio partido, Baleia Rossi, do PSDB, Bruno Araújo, e do Cidadania, Roberto Freire. A indicação, porém, não é oficial, pois precisa ser referendada pelas Executivas Nacionais das três legendas, que devem se reunir separadamente na próxima terça-feira. Entre os tucanos, há ainda a questão do ex-governador João Doria, que venceu as prévias do partido e, como conta Gerson Camarotti, insiste que não vai desistir da candidatura, a despeito da pressão interna. (g1)

O nome de Tebet foi sacramentado pelos presidentes devido a uma pesquisa qualitativa-quantitativa para avaliar as perspectivas dela e de Doria junto ao eleitor. Segundo Tales Faria, o resultado indicou que o ex-governador, estacionado em 3% das intenções de votos, não tem margem para crescer. Como a pesquisa não foi registrada, seus resultados não podem ser divulgados. Fontes disseram, porém, que 60% dos entrevistados disseram conhecer Doria e, desses, 58% o rejeitam. Tebet é conhecida por 20% do eleitorado e rejeitada por apenas 24% desses. (UOL)

Painel: "João Doria passou a quarta-feira tentando obter junto ao PSDB a pesquisa encomendada para decidir quem será o nome da terceira via. Ele sugeriu inclusive que uma cópia fosse enviada à senadora Simone Tebet, mas sem sucesso. O tucano argumenta que tem rejeição menor que a da emedebista entre os eleitores que conhecem os dois candidatos." (Folha)

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli rejeitou ontem a notícia-crime ajuizada por Jair Bolsonaro (PL) contra o também ministro Alexandre de Moraes. O presidente o acusava de abuso de autoridade por ter incluído seu nome no inquérito das fake news. Em sua decisão (confira a íntegra), Toffoli disse que a notícia-crime não trazia indícios, "ainda que mínimos" de ato ilegal por parte de Moraes. Ato contínuo, Bolsonaro pediu à Procuradoria-Geral da República (PGR) que investigue Moraes pelo mesmo motivo. Segundo analistas, mesmo sem chances de vencer na Justiça, Bolsonaro fatura eleitoralmente ao aprofundar o clima de enfrentamento com o STF. (Poder360)

Ontem foi a vez de o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) fazer o papel do pai e partir para o ataque contra a Justiça Eleitoral. Sem apresentar números, o Zero Um disse que, segundo "pesquisas internas", o presidente será reeleito no primeiro turno e que, se houver desconfiança sobre o resultado das eleições, a reação "não será judicial". "Eu acho que se a gente não tiver, por parte do TSE, esse senso de responsabilidade como medidas concretas para dar essa tranquilidade ao eleitor, é possível, sim, que haja uma instabilidade política no país", afirmou. (SBT)

Enquanto isso... Indicada por Joe Biden para a embaixada dos EUA no Brasil, Elizabeth Bagley afirmou ontem, em sabatina no Senado americano, que, a despeito do que diz Bolsonaro, o país "têm todas as instituições democráticas de que precisa para ter uma eleição livre e justa". (CNN Brasil)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pré-candidato do PT, e a socióloga Rosângela Silva, a Janja, se casaram na noite de ontem em São Paulo, numa cerimônia oficiada pelo bispo emérito de Blumenau (SC) dom Angélico Sândalo, amigo do noivo desde a década de 1970. Para manter o evento discreto, os próprios convidados só tiveram a confirmação do local — uma casa de festas no Brooklyn, zona sul de São Paulo — na manhã de ontem, por meio do QRCode impresso no convite. A exceção de três médicos, todos os convidados tiveram os celulares confiscados na entrada da casa de festas. (UOL)

Confira fotos da cerimônia e de alguns dos cerca de 150 convidados. (g1)

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenski, assinou ontem um decreto estendendo por 90 dias a lei marcial e a mobilização de tropas no país. O documento precisa de aprovação de metade do Parlamento. Além de permitir a decretação de toques de recolher e de buscas em residências, a lei marcial suspende a inviolabilidade de comunicação e o direito de greve, entre outras medidas. Com base nessas regras, homens entre 18 e 60 anos, considerados em idade para combater, estão proibidos de deixar o país. (BBC)

Primeiro russo julgado por crimes de guerra na Ucrânia, Vadim Shysimarin, de 21 anos, declarou-se culpado pelo assassinato de um civil na região de Sumy no final de fevereiro, logo a após a invasão. (Guardian)

A edição de sábado do Meio, exclusiva para assinantes premium, vai além de um tema principal e mergulha em outros assuntos como tecnologia, música e literatura. Quer um exemplo? Já contamos como um grupo de artistas novaiorquinos subverteu a arte pop de Andy Warhol, relembramos a censura moral que Rita Lee sofreu durante a ditadura, fizemos um tributo à Elza Soares, e mostramos a longa história do racismo na NFL, a liga profissional de futebol americano. São apenas alguns exemplos dos muitos artigos que acompanham o principal de cada edição de sábado. É uma edição feita para ser curtida com calma, no fim de semana. Assine você também.

Tech no próximo nível 

Gigantes de tecnologia como a Meta não são as únicas a investir no metaverso. A cidade coreana de Seul lançará, em breve, a Praça da Cidade de Seul, um projeto virtual com ambientes para eventos em realidade aumentada. O chamado Metaverse Seul será conduzido pelo Instituto de Tecnologia de Seul (SIT) em parceria com o governo local. Os usuários poderão criar seus avatares e entrar no ambiente virtual, onde terão informações em tempo real sobre temperatura, clima e ar da cidade real. A ideia é também oferecer experiências culturais e diversos serviços da cidade. Saiba como Seul caminha para se tornar uma das cidades mais inteligentes do mundo.

Além de ser o maior mercado de games da América Latina, com uma receita estimada em R$ 11 bilhões em 2021 e um crescimento de 6% previsto para 2022, o Brasil é destaque no consumo, mas também na contratação de profissionais especializados. Existe uma procura cada vez maior de grandes desenvolvedores globais por estúdios nacionais, e o Brasil tem se tornado um destino relevante de investimento em estúdios. Saiba como o país se tornou o principal mercado emergente no segmento. (Forbes)

E a Apple anunciou ontem cursos de treinamento atualizados para profissionais de TI. As aulas servem para quem deseja ganhar certificação na implantação, gerenciamento e suporte de dispositivos da gigante de tecnologia. Os cursos têm entre 13 e 14 horas de duração, sendo que, ao final de cada um, exames de certificação estão disponíveis para demonstrar a competência alcançada em cada nível. (MacMagazine)

Viver 

A vacina contra a gripe pode ser uma aliada na prevenção da covid-19, especialmente entre os grupos mais vulneráveis ou sem acesso ao imunizante do sars-cov-2. Porém, como conta Mariana Varella, a campanha de vacinação para a gripe no Brasil, iniciada em abril, não avança. A meta era imunizar 90% dos idosos acima de 60 anos, mas o número mal chega a 30%. Este mês começou a segunda fase, abrangendo crianças de seis meses a cinco anos, faixa que não conta com vacina contra a covid-19. Estudo feito com profissionais de saúde no Qatar mostrou que o risco de covid grave entre quem se vacinou contra gripe é 90% menor, na comparação com os não imunizados. (UOL)

A Câmara aprovou na noite de ontem o projeto que libera e regulamenta o ensino domiciliar no país, bandeira da bancada evangélica e promessa de campanha de Jair Bolsonaro. O texto foi votado em regime de urgência, sem passar por comissões especiais. Mais cedo, cerca de 400 entidades ligadas à educação divulgaram um manifesto contrário ao projeto. Segundo elas, o ensino domiciliar pode, entre outros efeitos nocivos, "estimular a desescolarização por parte de movimentos ultraconservadores". Leia a íntegra. (g1)

Panelinha no Meio. Quer impressionar os convidados com um prato exótico e sofisticado, mas não quer lavar aquela montanha de panelas depois? Experimente este arroz biryani com frango em uma panela só. É uma variação da tradicional receita indiana, daí a presença de temperos como garam masala e cardamomo, que se acha em qualquer boa casa de especiarias. Mas prepare-se, pois pode haver polêmica, já que é uma receita de arroz e leva uvas-passas. Que comece o combate.

Cultura

Principal astro desta edição do festival de Cannes, Tom Cruise aproveitou o lançamento de Top Gun: Maverick (trailer) no evento para fazer uma defesa do cinema ao afirmar que jamais lançaria o filme diretamente em streaming. "Estamos aqui, todos de países, culturas, línguas diferentes, compartilhando algo", disse, arrancando aplausos das mais de mil pessoas que lotavam a Sala Debussy, segunda maior do festival. Quem também saudou o cinema foi o diretor Michel Hazanavicius, cuja comédia de zumbis Coupez! (trailer) abriu o evento. "Eu acredito que o cinema tem morrido desde que nasceu", disse. "Sempre é nascimento e morte. Espero que o equilíbrio seja encontrado e haja espaço para a diversidade. É legal trazer um pouco de alegria para as pessoas." (Estadão)

E o streaming está na berlinda também em Hollywood. A Academia de Artes de Ciências Cinematográficas reinstituiu para o Oscar 2023 a exigência de que os filmes concorrentes tenham estreado em cinemas. Por conta da pandemia de covid-19 foram aceitas nas últimas edições produções que estrearam nas plataformas. (Folha)

Longe de Cannes e do Oscar, as estreias de hoje nos cinemas trazem boas opções nacionais, a começar por A Felicidade das Coisas (trailer), de Thais Fujinaga, um retrato das contradições da classe média brasileira. Em Pureza (trailer), de Renato Barbieri, Dira Paes faz uma mulher que procura o filho na Amazônia e descobre as péssimas condições dos trabalhadores locais. Já em O Pai da Rita (trailer), dois veteranos sambistas inseparáveis disputam a paternidade de uma jovem. Vindo de fora, Miss França (trailer) mostra uma mulher trans disposta a vencer o concurso do título. E, para quem não vive sem filme-pipoca, Chamas da Vingança (trailer) traz uma nova versão para o livro de Stephen King.

Confira a programação completa nos cinemas da sua cidade. (Adoro Cinema)

Em 1986, a minissérie da DC Batman: O Cavaleiro das Trevas, escrita e desenhada por Frank Miller e colorida por sua então mulher Lynn Varley, revolucionou não só o personagem, mas a indústria dos quadrinhos. Agora, a icônica ilustração de capa do número 1, com a silhueta do envelhecido herói à frente de um relâmpago, será leiloada por um valor estimado em US$ 2 milhões (cerca de R$ 10 milhões). Todos os fãs gostariam de ter a fortuna de Bruce Wayne para arrematá-la. (Globo)

Cotidiano Digital 

A subsidiária do Google na Rússia planeja declarar falência depois que autoridades do país confiscaram as contas bancárias da companhia. O pedido foi oficialmente publicado no registro da Rússia, o Fedresurs, no qual a empresa apresenta uma "notificação da intenção de se declarar insolvente (falida)". Com o bloqueio das contas, a companhia está impossibilitada de pagar funcionários e fornecedores, mas serviços gratuitos, incluindo o site de buscas e o YouTube, continuarão operando. A subsidiária da gigante de tecnologia vem sendo pressionada pelo governo russo por não excluir conteúdos considerados ilegais por Moscou e restringir o acesso a mídias russas no YouTube. (Reuters)

A Blue Origin adiou o voo espacial previsto para esta sexta-feira, nos Estados Unidos. A missão tem como um dos tripulantes o brasileiro Victor Correa Hespanha, de 28 anos, que é de Minas Gerais. A nova data para a decolagem ainda não foi anunciada. Em post nas redes sociais, a empresa explicou que o adiamento veio após checagem do foguete New Shepard. (g1)

O Instagram está testando um novo recurso que altera o modelo de visualização de Stories para contas que publicam muitos conteúdos neste formato. Alguns Stories serão "escondidos" dos seguidores, que precisam habilitar manualmente a exibição das demais publicações feitas pelo perfil por meio do botão "Mostrar tudo". O teste, em estágio inicial, está sendo aplicado a um número restrito de usuários. (TechTudo)

A todo momento nos deparamos com novidades no cenário político dentro e fora do Brasil. Para compreender melhor esses movimentos na política, acompanhe o Conversas com o Meio, um bate-papo de Pedro Doria com especialistas da área. Todas as terças às 20h pelo canal do Youtube.