O que você vigia

Por Juliano Gazola 17/05/2022 - 10:18 hs

O vasto material hoje em dia, que esta disponível para perturbar a minha e a sua imaginação, assim como manter nossos sentimentos fora do eixo.

Um exemplo são as paixões impossíveis, que inclusive fazem parte de diversos temas de músicas, séries e livros que encantam multidões.

Infelizmente, a própria pornografia, faz parte da vida da gente. Nesse tema, podemos dizer que não faz mal consentir num desejo sexual que não convém?

Sabe aquele ditado popular, “olhar não tira pedaço”? De fato, não tira pedaço, no entanto, pode dar início a uma história bem trágica.

Um olhar que não tira pedaço pode desencadear num adultério. Pode não ocorrer de uma hora para outra, mas é consequência de inúmeras fantasias consentidas, que, noutro momento transformaram-se em palavras, textos, directs, likes e ações.

É preciso ser muito forte, para que não sejamos culpados desde o primeiro olhar. Devemos, nos agigantar para guardar a inocência de nossos sentimentos. E para que isto se torne mais prático na minha e na sua vida, vamos analisar que bens estamos desprezando quando apertamos o botão F da pureza do nosso coração.

Além da análise, convido você a refletir sobre como lutar para combater os impulsos sexuais desordenados, afinal, um desejo pode ser um gatilho para uma tragédia. Não me refiro ao caos que uma traição traz ao lar e ao sistema da família. Conflitos biológicos sérios são iniciados a partir da traição entre casais. Órgãos do trato intestinal estão conectados com conflitos de “sujeira” familiar.

O que há de mau olhar? O que há de mau em imaginar? O desafio é enorme em desenvolver um coração puro. Devemos meditar o bem que estamos desprezando, para fazer melhor julgamento de uma vida sexual fora de ordem.

Faça o seguinte: o que uma vida sexual ordenada pode lhe trazer de benefícios:

Uma boa relação familiar, estável, unida pelo vínculo do matrimônio vale mais do que qualquer momento de prazer, do que qualquer outra paixão.

Amizades verdadeiras e sólidas, pois teremos um maior número de pessoas com relação de confiança. 

Maior estabilidade emocional e cognitiva: quem tem emoções sob controle, também consegue se concentrar melhor.

A pornografia esta à distância de um clique, então, medite se o que está exposto acima é desejável ou não.

Se for desejável, então vence quem foge, é necessário fugir das ocasiões. Seus olhares, sua imaginação, sua ociosidade.

Monte uma estratégia para corrigir esse problema. É na ociosidade que surgem os desejos sexuais e também quando você esta olhando ao redor, acompanhado de pessoas não muito respeitosa.

Seja sincero, em quais ocasiões você anda caindo? Há alguma razão para isso? Na bioliderança, uma trilha para você investigar e tratar é a possibilidade de você ter um grande vazio materno ou paterno. Um homem mulherengo e uma mulher libidinosa possuem a necessidade de buscar seus vazios por toda vida, até resolver esta lacuna.

Monte uma estratégia, busque aquilo que de fato vale a pena.

Juliano Gazola é fundador da Bioliderança no Brasil, business executive coach e reprogramador biológico