Cidadania e PDT fazem movimento de apoio a Lula

Por Canal Meio 04/10/2022 - 08:36 hs

Nem bem esfriaram as urnas do primeiro turno, começou a corrida por alianças para a segunda rodada de votações, que acontece no próximo dia 30. Ontem, conta Guilherme Amado, o presidente do Cidadania, Roberto Freire, encaminhou à Executiva do partido uma recomendação de apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A legenda, que está federada com o PSDB, é a primeira da coligação que apoiou Simone Tebet (MDB) a encaminhar uma posição no segundo turno. A reunião da Executiva acontece hoje, mesmo dia em que a cúpula do PDT definirá sua estratégia. Em telefonema à presidente do PT, Gleisi Hoffmann (PR), o presidente dos trabalhistas, Carlos Lupi, disse que defenderá a adesão a Lula e que espera o mesmo do candidato Ciro Gomes. Lupi, porém, pediu que o programa petista incorpore três propostas de campanha do ex-ministro: educação em tempo integral, um programa para zerar dívidas no SPC e um plano de renda mínima — ideia apresentada pelo deputado estadual eleito Eduardo Suplicy (PT-SP). (Metrópoles)

Segundo sua assessoria de imprensa, Ciro vai seguir a orientação do PDT sobre um eventual apoio a Lula no segundo turno. No domingo, ele havia pedido tempo para anunciar sua decisão. O ex-ministro, que foi muito criticado por viajar para Paris antes do segundo turno em 2018, está preocupado também em recuperar seu partido, que viu sua bancada federal encolher de 19 para 17 deputados e não conseguiu eleger nenhum governador. (Globo)

Precisando conquistar 1,57% dos votos para se eleger, Lula defendeu ontem alianças para além das “escolhas ideológicas”. “Agora vamos conversar com todas as forças políticas que têm voto, que têm representatividade, que têm significância política nesse país”, disse ele. (Poder360)

Meio em vídeo. Hoje precisamos ter três conversas. Uma com eleitores de Simone, outra com eleitores de Ciro e uma terceira com eleitores de Lula. Nenhuma destas conversas é fácil. As três são essenciais, explica Pedro Doria no Ponto de Partida. (YouTube)

O governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) antecipou o calendário de benefícios como o Auxílio Brasil e o Auxílio Gás, de forma que todos os pagamentos aconteçam até o dia 25 deste mês, cinco dias antes do segundo turno das eleições. A liberação dos auxílios em novembro e dezembro, depois da votação, não teve o cronograma alterado. (g1)

Embalado pelo resultado além do que previam as pesquisas eleitorais, Bolsonaro deve iniciar a campanha do segundo turno com uma ofensiva por votos em Minas Gerais e na Bahia, segundo e quarto maiores colégios eleitorais do país. Em entrevista à CNN Brasil, o governador mineiro reeleito, Romeu Zema (Novo), anunciou o apoio a Bolsonaro, o que pode alavancar a campanha no estado, único do Sudeste em que Bolsonaro ficou em segundo lugar. Na Bahia, onde Lula obteve 69,73% dos votos, a situação é mais complicada. ACM Neto (União Brasil) não quer associar sua imagem à do presidente. Ele enfrenta um segundo turno difícil contra o petista Jerônimo Rodrigues, que teve 49,45%, e teme perder os votos que obteve entre os eleitores de Lula. (UOL)

Painel: “O ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira, deve informar ao presidente Jair Bolsonaro não ter conseguido provar a existência de fraude no sistema eletrônico de votação. A expectativa na campanha à reeleição é de que um encontro aconteça ainda no início desta semana. Com isso, os estrategistas defendem que Bolsonaro foque integralmente, no segundo turno, nos aspectos positivos da agenda econômica e na corrupção de governos petistas para conquistar os eleitores moderados.” (Folha)

Meio em vídeo. Passou o primeiro turno, mas não passou a Eleição. Apesar de um novo Congresso Nacional já estar formado, a disputa agora é entre o ex-presidente Lula e o presidente Bolsonaro. Que Brasil o vencedor desse duelo irá receber para governar? Pedro Doria, Mariliz Pereira Jorge e Christian Lynch debatem ao vivo, às 19h, os resultados do pleito deste ano numa edição especial do #MesaDoMeio, e você pode participar com perguntas, críticas e sugestões. Logo depois, num segmento exclusivo para assinantes premium, os três vão responder às perguntas do público. Ainda não é assinante? Assine agora. (YouTube)

A composição do próximo Congresso tem um dado positivo: o crescimento de 18,2% da representação feminina na Câmara dos Deputados. Embora ainda sub-representadas em relação à população, elas passaram de 77 para 91 parlamentares, 17,7% dos 513 deputados. O maior número, 21 deputadas, vem da Federação Brasil da Esperança, composta pelo PT, PV e PCdoB, que tem a segunda maior bancada no Congresso. (CNN Brasil)

As eleições de domingo foram mortíferas para o PSDB. O partido, que apoiava Simone Tebet (MDB), não conseguiu eleger um único senador, viu sua bancada na Câmara encolher de 22 para 13 deputados, ficou de fora do segundo turno em São Paulo, estado que governava desde 1994, e disputa em desvantagem a segunda rodada no Rio Grande do Sul, Ceará e Mato Grosso do Sul. (Folha)

E o Novo, conta a coluna de Lauro Jardim, foi virtualmente varrido do mapa, embora seu único governador, Romeu Zema (MG), tenha sido reeleito em primeiro turno. Apenas três de seus oito deputados se reelegeram, e a legenda não cumpriu a cláusula de desempenho. Com isso, não terá acesso ao fundo partidário, do qual costuma abrir mão, nem a tempo de TV. (Globo)

As discrepâncias entre as pesquisas divulgadas até a véspera do primeiro turno e o resultado das urnas estão servindo de combustível para a campanha que políticos ligados ao presidente Jair Bolsonaro (PL) estão movendo contra os institutos que as realizam. O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), disse que pretende colocar em votação um projeto que regulamenta as pesquisas eleitorais e citou o exemplo da eleição para o governo de São Paulo. “Nós tínhamos pesquisas que mostravam o Tarcísio (de Freitas) 10 pontos atrás e a realidade da eleição mostra o Tarcísio na frente. As votações e expressões da população brasileira deixam claro que as empresas de pesquisa não devem ser usadas para conduzir o eleitorado”, afirmou. Já o deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP) publicou no Twitter que está colhendo assinaturas para uma CPI das pesquisas. (Poder360)

Antonio Lavareda: “Veículos de comunicação, com a ‘complacência’ dos institutos, não resistem a fazer das pesquisas a espinha dorsal da cobertura das eleições. E na véspera do pleito, no show final, centram nos ‘votos válidos’ o foco do noticiário, levando leitores e espectadores a suporem que estão diante de um prognóstico, de um resultado antecipado do que será apurado no dia seguinte. Quando as discrepâncias são grandes, a cobrança se volta para quem? Lógico que para os institutos. Parece mas não é. Por que de onde sairá a abstenção que não foi computada nem declarada? Inevitavelmente sairá dos contingentes de intenções de voto dos concorrentes. Ela prejudicará igualmente os candidatos? Lógico que não. No Brasil, como na maioria dos países, ela se concentra mais na base da pirâmide social. Para se ter uma ideia, dos quase sete milhões de eleitores analfabetos, cerca de 51% não votaram na penúltima eleição. E 44% dos eleitores de Lula têm até fundamental completo.” (Twitter)

(Má) intenção de voto

Spacca

Um belo dia, Pedro virou para o Vitor e disse: — Bora criar uma startup? Dois anos depois, mais precisamente em 3 de outubro de 2016, saía a primeira newsletter do Meio. Um veículo informativo totalmente digital, feito para quem não lia mais jornal em papel e tentava consumir notícias na rede, mas achava difícil encontrar o que queria naquele mar revolto digital. Seis anos mais tarde, o Meio cresceu muito, continua independente e crítico, graças ao apoio de seus assinantes Premium. Ainda não é? Então venha soprar essa velinha com a gente.

Viver

A Anvisa autorizou, nesta segunda-feira, o início de testes em humanos da vacina desenvolvida pela UFMG contra a covid-19, a SpiN-Tec. A próxima fase será realizada com pessoas saudáveis, entre 18 e 85 anos, e que completaram o esquema vacinal com imunizantes Coronavac ou AstraZeneca e receberam uma ou duas doses de reforço da AstraZeneca ou Pfizer. Os participantes serão divididos em dois grupos, um recebendo o produto da UFMG e outro, que receberá nova dose da AstraZeneca. A expectativa é de que as pessoas vacinadas com a SpiN-Tec apresentem uma quantidade de anticorpos maior ou igual aos que receberam o outro imunizante. (Folha)

O Censo 2022, que tinha previsão de ser concluído no final de outubro, foi adiado para o início de dezembro, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta segunda-feira. A pesquisa, que começou em agosto, encontra dificuldade para contratar novos colaboradores e a recusa de domicílios mais ricos em receber os recenseadores. Em dois meses, 48% da população já foi contabilizada pelo IBGE. 86,9% dos brasileiros já tinham sido contados no mesmo período, em 2010. (O Globo)

A Academia Real de Ciências da Suécia concedeu há pouco o prêmio Nobel de Física a Alain Aspect, John F. Clauser e Anton Zellinger por seus estudos em mecânica quântica. Em diferentes instituições, os três desenvolveram trabalhos revolucionários sobre estados quânticos emaranhados, quando duas partículas se comportam como uma, mesmo quando separadas. Amanhã será divulgado o Nobel de Química. (Twitter)

Panelinha no Meio. Quer dar um up no almoço sem gastar dinheiro nem perder tempo? Acrescente cubinhos de beterraba no preparo do arroz. Ah, e meia colher de vinagre, para garantir uma cor bem viva.

Cultura

Com estreia marcada para o dia 11 de novembro, Pantera Negra: Wakanda Para Sempre ganhou ontem seu novo trailer. O que mais provocou comentários foi a última cena, na qual o herói-título é revelado como uma mulher, embora ainda não se saiba qual das personagens femininas assumirá a máscara de T’Challa. O trailer traz ainda mais imagens de Namor (Tenoch Huerta) e um flash de Riri Williams (Dominique Thorne) com a armadura de Coração de Ferro. Criado por Bill Everett em 1939 – portanto, um dos mais antigos personagens da Marvel –, o Príncipe Submarino será o grande antagonista deste filme. (Omelete)

Mais velho ex-Beatle em atividade, Ringo Starr, de 82 anos, está com covid-19, o que o levou a cancelar seis apresentações nos Estados Unidos. O cancelamento havia sido anunciado no fim de semana com referência a uma doença “não especificada”. Nesta segunda-feira, porém, a assessoria do cantor confirmou o diagnóstico. Ringo vem se apresentando à frente da All Starr Band, formada por figuras carimbadas como o guitarrista Steve Lukather (ex-Toto), o cantor e multi-instrumentista Colin Hay (ex-Men At Work), o guitarrista e baixista Hamish Stuart (ex- Average White Band) e o também multi-instumentista Edgar Winter. (Variety)

E foram divulgadas ontem duas fotos inéditas dos Beatles tocando no Cavern Club de Liverpool em 1961, pouco antes de despontarem para a fama. Os registros foram feitos por um fã e mostram os Fab Four, ainda com Pete Best na bateria, usando calças de couro, blusas de algodão e topetes. (CNN)

Morreu ontem, aos 75 anos, a atriz e ativista indígena Sacheen Littlefeather, que se tornou famosa ao ler o discurso de Marlon Brando recusando o Oscar de melhor ator por O Poderoso Chefão (trailer) em 1973. Ela foi diagnosticada em 2018 com um câncer de mama já em metástase. Littlefeather, que atuou em filmes como O Julgamento de Billy Jack, de 1974, viu sua carreira ser destruída por boatos, muitos vindos da própria Academia de Hollywood, de que não seria indígena e teria um caso com Brando. Há um mês, os organizadores do Oscar pediram perdão publicamente a ela pelo tratamento que recebeu no incidente de 1973 e depois – não se sabe se a doença da atriz motivou o pedido. (Terra)

Cotidiano Digital

No palco da Tesla AI Day 2022, evento anual da Tesla dedicado à Inteligência Artificial (IA) que aconteceu na última sexta-feira, o bilionário Elon Musk revelou um novo robô humanoide construído pela companhia. Batizado de Optimus, o robô possui sensores próprios e IA que já são utilizados nos automóveis da marca. Durante a exibição, o Optimus se apresentou à plateia e se movimentou pelo palco da conferência pela primeira vez sem estar conectado à energia. O robô terá capacidade de realizar tarefas sozinho graças aos avanços em reconhecimento de objetos e IA. Segundo Musk, a fabricação e as entregas do androide devem ser realizadas até 2027. (Estadão)

Um mês após o lançamento do iPhone 14, a Apple atualizou a data para a chegada de seus celulares no Brasil. Segundo o site da marca, a pré-venda começa nesta sexta-feira, dia 7, e a entrega será feita a partir de 14 de outubro. O iPhone 14 foi apresentado em novembro em quatro modelos: iPhone 14, iPhone 14 Plus, iPhone 14 Pro e iPhone 14 Pro Max. Os celulares custam a partir de R$ 7.599 e podem chegar até R$ 15.499. O novo iPhone conta com recursos como suporte para comunicação via satélite em casos de emergência e capacidade de identificar batidas de carro. (g1)

A Alphabet, controladora do Google, desativou nesta segunda-feira o Google Tradutor na China. O recurso era um dos poucos serviços restantes que a companhia ainda operava no país asiático. Segundo a empresa, a decisão foi motivada devido ao baixo uso. Em 2010, a companhia norte-americana retirou seu mecanismo de busca do mercado chinês ao se recusar a cumprir as regras regulatórias do país. (Gizmodo)

Brasileiros, brasileiras e brasileires! Esta é a última semana em que você pode comprar nossa camiseta e ela chegar a tempo para você votar no segundo turno com a defesa da democracia estampada em seu peito. Se não for por patriotismo, seja por muquiranismo: hoje baixamos o preço dessas lindas e coloridas tee-shirts em 10 conto. Compre já! Oferta válida apenas nesta terça-feira!